Graduação em Engenharia Eletrônica

O curso de graduação em Engenharia Eletrônica da UFS existe desde 2001, funciona em turno matutino, tem duração regular de 10 períodos letivos (5 anos) e disponibiliza 50 vagas anuais para novos alunos, com ingresso no primeiro período letivo do ano através do Sistema de Seleção Unificada – SISU do Ministério da Educação (MEC).

 

Na última avaliação do curso no ENADE, em 2019, o curso recebeu Conceito ENADE 5, o nível máximo e equivalente a excelente.  Considerando o Conceito ENADE contínuo, o curso foi o 4º mais bem colocado no Brasil. Com base no CPC (Conceitos Preliminares de Curso), índice levado em conta pelo MEC para calcular o IGC (Índice Geral de Cursos), o curso também recebeu nível máximo, 5, e é o 7º mais bem colocado no Brasil, sendo o 1º colocado na região Nordeste. Quanto ao IDD (Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado), que busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no ENADE e no ENEM, o curso recebeu nível máximo, 5, e ficou na 22º posição no Brasil.

 

Formação Específica

No curso de graduação em Engenharia Eletrônica da UFS, possuem destaque as seguintes áreas de formação específica, atendidas por um corpo docente integralmente composto de doutores nessas áreas:

  • Automação Industrial;
  • Controle de Processos;
  • Eletrônica;
  • Eletrônica de Potência;
  • Reconhecimento de Padrões;
  • Robótica;
  • Microeletrônica;
  • Telecomunicações.

 

Áreas de Atuação

O Engenheiro em Eletrônica formado na UFS lida com projeto, operação e manutenção de equipamentos e sistemas eletroeletrônicos, utilizados na instrumentação, automação e controle industrial, sistemas biomédicos, eletrônica em geral e telecomunicações. Ele está habilitado a atuar em:

  • Automação, sistemas de medição e controle na indústria em geral;
  • Indústria, concessionárias e empresas nas quais operem sistemas ou redes de telecomunicações;
  • Empresas que projetem, desenvolvam, operem ou deem manutenção em sistemas eletroeletrônicos, sistemas digitais embarcados, equipamentos biomédicos e sistemas de telecomunicações;
  • Obras, consultoria, serviços técnicos, vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres.

 

Perfil profissional

O Engenheiro em Eletrônica formado na UFS deve:

  • Possuir formação básica e profissionalizante geral sólida, que lhe permita ascender às novas teorias e tecnologias que surjam e ser capaz de aplicá-las na solução de problemas da Engenharia Eletrônica;
  • Possuir visão crítica e capacidade de identificar problemas que se apresentem na sociedade no contexto de sua formação;
  • Ser capaz de estudar, pesquisar, analisar e avaliar problemas de forma crítica e criativa, planejar e elaborar projetos, realizar experimentos e ensaios, propor soluções técnicas e dirigi-las ou executá-las, integrando conhecimentos nas diversas áreas de sua formação;
  • Ser capaz de comunicar-se de forma oral ou escrita e de trabalhar em grupo, integrando e gerenciando recursos humanos de diferentes competências em torno de uma mesma atividade fim;
  • Possuir compromisso com as normas e preceitos de segurança e com a ética profissional.